Escriba de Broalhos cronicando cenas no belogue sobre cultura audiovisual e artística

Fotógrafos

Annie Leibovitz

Annie Leibovitz

Fotógrafa, nascida em 1949. Dividida entre o trabalho comercial e pessoal, conciliando ambas as suas vertentes. Como um bom fotógrafo, não deixa de disparar a câmara. Quando perguntada sobre o que era a vida de um fotógrafo, respondeu: “Apenas uma vida olhando através de uma lente“. É descrita como ousada, e a sua qualidade sobreviveu ao seu sucesso comercial.

O seu primeiro interesse pela fotografia foi o registo familiar, documental, pessoal: “Pensávamos na câmara como outro membro da família”.

A sua primeira ambição foi ensinar arte, mas logo se apercebeu que não podia ensinar sem primeiro ela mesma ser artista. No seu tempo de estudante, foi activista contra os terrores da sociedade americana, como a Guerra do Vietname. Estudou no Instituto de Artes de S. Francisco, onde as principais influências eram Robert Frank e Cartier-Bresson. Ambos fizeram a fotografia fluída, portátil, e é este género, quase de repórter, que Leibovitz adopta.

Lançou-se no mercado de trabalho na revista “Rolling Stone“, uma revista dedicada principalmente à música. Nesse ambiente, Annie explorou  seu domínio artístico, documentando eventos e retratando personalidades. Foi desde então que criou sua projecção, trabalhando com grandes personalidades e projectos.

Anúncios