Escriba de Broalhos cronicando cenas no belogue sobre cultura audiovisual e artística

Diário VI

Caldelas, 28 de Agosto de 1951 – Horas e horas de leitura, a seguir emocionado uma discussão internacional sobre “Progresso técnico e progresso moral”. Um mare magnum de escolhos, onde apenas os marxistas souberam navegar com perícia e destino. A desgraçada burguesia não tem ponta por onde se lhe pegue. Conservadora impenitente, agarrada aos seus cofres e à sua estupidez, tudo a condena. Basta-lhe não ter futuro.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s